O Albergue 2 * Crítica

11 09 2007

 

O Albergue 2. Lixo cinematográfico
Nunca foi tão fácil fazer a crítica de um filme. Simplesmente porque O Albergue 2 não tem absolutamente nada que mereça elogios ou comentários positivos. Eu poderia acabar o texto aqui, com uma única advertência: não perca seu tempo assistindo a este filme!

O Albergue 2_1Mas se isso não bastou para você, mais algumas informações: esta é uma produção brutal, com violência explícita, sadismo por todos os lados e… e… bem, e só. Rodado para faturar em cima da bilheteria polpuda do primeiro longa-metragem da série, segue a mesma linha e só funciona para quem deseja satisfazer sua sede oculta de sangue e tem prazer em ver a dor e o sofrimento alheios. Não dá para imaginar de que modo O Albergue 2 teria algum interesse para quem busca amar o próximo como a si mesmo. É pura poluição para olhos e ouvidos santos.

O Albergue 2_3O roteiro é pobre e oportunista, com muitos pontos que não fazem sentido. Um subproduto cinematográfico.

Todo tipo de depravação está presente na história, de sexo ilícito ao consumo de drogas e violência à vontade. Para se ter uma idéia, há uma seqüência em que uma jovem nua é pendurada de cabeça para baixo e retalhada, enquanto uma outra mulher, deitada embaixo dela, se banha em seu sangue até atingir o orgasmo. A palavra “satânico” soa nos seus ouvidos?

O Albergue 2_4O que mais incomoda é saber que, se um estúdio investe US$ 10 milhões para produzir um filme com este, é porque há milhares de pessoas que se deliciam em pagar para ver todo o horror presente em O Albergue 2. Uma prova de que o gênero humano está mais corrompido e carente de Cristo do que nunca.

Maurício Zágari Tupinambá
Equipe CINEGOSPEL

Cotação: péssimo

[veja o trailer]

Anúncios

Ações

Information




%d blogueiros gostam disto: